Arquivo do mês: julho 2011

Aprendizados

“Podemos pagar um preço alto por nossos conceitos e apreciações. Por isso, é preciso reflexão e vivência antes de atirarmos completamente o que pensamos.”

“‘O ego gosta muito das ideias: se eu penso, logo existo, é o que Descartes costumava dizer. Por isso temos essa necessidade de agarrar nossos conceitos e crenças com unhas e dentes: o ego precisa se assegurar de que existe e de que é extraordinariamente importante’, diz com bom humor, e não sem uma pitadinha de ironia, o mestre budista Chögyam Trungpa.”

“Crenças em Xeque”
Revista Vida Simples
Agosto 2011

Aprendemos a falar só para nos calar

Eu queria contar para vocês a minha revolta com a humanidade e como ela se transformou em tranquilidade depois de alguns meses de introspecção.

Eu queria, mas não vou.

Não vou por que descobri que nesse mundo compartilhado com pitadas politicamente corretas só tem tranquilidade quem não fala sobre a sua revolta.

Se você vier quente com suas ideias transgressoras, pode saber que os antiquados já te aguardam fervendo de argumentos contrários. Se por uma ilusão você se sentir a vontade para voltar a expor sua indignação tradicionalista, não precisa esperar muito até o banho de água fria da face moderninha do mundo.

Desculpem os trocadilhos nada funcionais de palavras frias e quentes. Mas foi assim que me ensinaram a viver: nessa selva de extremos revoltosos, só os mornos se salvam. Calados.

Clip lindo do dia

Noel, tu arrasou.

À francesa

Estou completamente apavorada e desesperada com uma prova de francês que vou fazer amanhã, SÁBADO, às 8h da matina.
Em homenagem a esse momento marcado pela angustia em plena sexta-feira, replico o bom fim de semana do A Day in The Life.

Jali – Espanola from ChezEddy on Vimeo.

Me desejem sorte!
Ou melhor, souhaitez moi bonne chance!

Querido diário

Hoje eu resolvi dizer que queria que você existisse, mas não tenho coragem de escrever o que vem na cabeça sabendo que o visual da página pode ficar feio (e é muito provável que fique). Confesso que gostaria de olhar para você e me sentir mais estilosa e se a página ficar feia a única coisa que vou conseguir é me sentir ainda pior, por que sei que tem gente que rabisca qualquer coisa e fica lindo. E pensando por esse lado vejo que eu não sou digna de te ter, já que a última coisa que eu deveria pensar é numa página com rascunhos bonitos.
Mas se você souber de alguém menos idiota que eu, indica esse post, que fala como é legal essa história de ter seu próprio diário e coisa e tal.
A gente se fala, beijo.

La dolce vita

Doces são minha criptonita, gente. Não sei me controlar, pareço uma formiga sem rumo perto de qualquer coisa com açucar. Já até ouvi dizer que existe um estudo que comprova que essa substância maldita causa dependência. Para mim nem precisa de estudo, é fato.
Aí já viu né, imaginem como fiquei quando vi o trabalho dessa artista. Natureza morta doce. Ai, que lindeza.

Via Oh Joy

Isso é que é ilusão de ótica

Tem gente que é incrível. Uma dessas pessoas é essa artista.

A moça de talento se chama Erik Johansson.
Via A Cup of Jo