Memórias de Minhas Putas Tristes

Comecei a ler por que achei light. Tenho lido livros com mais de 600 páginas, um atrás do outro. Isso cansa, sabe. E sei lá, o livro já estava terminando e eu ainda não tinha captado a mensagem. Só me impressionava como é bem escrito. Até que me deu um clique.

Vale a pena ler por quê…
Cento e vinte poucas páginas que te deixa bobo de ver como tem gente que nasceu pra fazer aquilo que faz. Gabriel Garcia Márquez não poderia ser outra coisa a não ser autor. Tem o dom da escrita em cada palavra, em cada vírgula. Só por isso já vale a pena. Mas tem mais. É inacreditável como um autor pode ser tão genial e transformar um comportamento normalmente visto como indecente e nojento em… amor.
O resto você tem que ler e sentir o clique.

Quem não leu, leia. Quem já leu, me conta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s