Arquivo do mês: fevereiro 2011

Havana Cafe

O calor do Rio não combina, mas fica para aquecer o coração.


Ou para inspirar algum leitor em outro canto mais fresco do Brasil ou no gelinho do ar condicionado.

10 passos para ser feliz sendo artista

É, vamos começar dizendo que não é fácil. Mas também vamos começar concordando que mais difícil ainda é abandonar um sonho e viver na contramão do seu coração.
Por isso resolvi fazer esse post. Por mais que eu não seja uma artista ao pé da letra, trabalho com criatividade e sei como é que são essas coisas de luta diária. Espero conseguir ajudar. Vamos lá?

1) Assuma-se!
Não adianta querer ser visto como artista sem primeiro assumir para si mesmo. Imagine que você seja um fotógrafo. Um futuro cliente ou empregador te pergunta o que você faz da vida e você responde “Eerrrr, eu sou, você sabe, trabalho com fotografia. Bem, faço o que dá, né.” Pronto, já perdeu o trabalho.
Seja firme, confie no seu taco.

2) Trabalhe sua auto estima.
Sabe aquela história “se eu não gostar de mim, quem vai gostar?”. Então, é bem por aí. Claro que você não vai se achar a última bolacha do pacote, mas saber o seu valor é imprescindível para conseguir se promover e ser profissional, inclusive na hora de cobrar um preço justo pelo seu trabalho. Valorizar seus pontos fortes, onde / o que já estudou, quais as experiências anteriores e etc.

3) Tenha flexibilidade.
Nem tudo na vida são flores. Muitas vezes acontece de você ter que fazer outras coisas que, aparentemente não tem nada a ver, até conseguir alcançar o seu objetivo final. Na vida de artista o mais comum é não conseguir se sustentar nos primeiros meses ou anos. Arrumar um emprego para garantir o seu dinheiro todo mês não é desvio de objetivo, é flexibilidade. Basta ter consciência de que aquilo é temporário e se esforçar.

4) Esforce-se.
De verdade, com todas as suas forças. Não adiantar fazer um esforcinho. Tem que ser daqueles que movem montanhas. Então dê logo o seu jeito de encontrar sua (s) motivação (ões) e vá em frente.

5) Seja alto astral.
Por que ninguém gosta nem indica gente chata.

6) Procure estudar, se cercar de referências.
Ideias e inspiração não surgem do nada. Por isso, corra atrás de cursos (os gratuitos são válidos para quem tá duro), livros, filmes, internet e tudo que puder. São as coisas que nós absorvemos que fazem a gente ser o que somos.

7) Divulgue-se.
Trabalho bem feito e engavetado? Na na ni na não! Aproveite as ferramentas gratuitas da internet, faça sua vitrine e mostre para toda a sua rede de contatos. Não é só de fofoca que vivem o twitter, facebook e blogs. Muito pelo contrário.
E se precisar de ajuda para direcionar suas ações, me manda um email ou um comentário aqui no post. Já viram que comecei a divulgar aqui no Um Charme meu trabalho com marketing e mídias online?

8) Não tem trabalho? Crie suas próprias oportunidades.
Publicitários quando estão começando precisam criar uma pasta com seus trabalhos para apresentar para a agência. O único problema é que nunca tiveram nenhum cliente, então, como ter um portfólio? Imagina se todos desistissem aqui. Não haveriam publicitários no mundo.
Então o que eles fazem? Inventam. Inventam clientes, marcas, lançamentos. Ou então vão no bar da esquina e se oferecem para fazer uma logo, um layout de cardápio novo, letreiro… Ou até identidade visual toda do lugar. Aí o tio do bar conta pro outro, que fica se roendo e te pede um orçamento.
Aqui a ordem vem do funk: “tenta a sorte pra tu ver.”

9) Respeite o tempo.
A vida está tão acelerada que às vezes a gente até perde a noção de dar tempo ao tempo. Saiba que ele pode ter ajudar a enxergar erros que hoje você não percebe, possibilidades que não tinham sido pensadas, novos e influentes contatos aparecem… E assim vai.

10) Encontre sua marca registrada.
Artistas que reproduzem trabalhos de outros só são perdoados quando estão começando. Isso é normal e até faz parte do aprendizado e da busca pela sua própria identidade. Mas não se engane fazendo a vida toda um monte de cópias e reproduções. Se empenhe em encontrar a sua marca, seu jeito. Você vai ser lembrado com mais facilidade por todo mundo, inclusive pelos seus futuros clientes e chefes (se for o caso).

Agora é com vocês. Como já dizia a minha mãe quando eu era pequenininha ao tentar me acordar: CORAGEM, FORÇA, DETERMINAÇÃO. Desde cedo ela já me ensinava o que é preciso para transformar sonho em realidade.

Cartão de Visitas

Agora eu também sou chique!

Feito pelo Gustavo. Para ver mais do trabalho dele clica aqui.

Craft Monday #21

O flickr é uma caixinha de surpresas, né? Tem tudo quanto é tipo de talento por lá e ultimamente tenho dados uma sorte danada de encontrar crafters incríveis.

O AndreaCreates é aquele tipo clássico de handmade, mil tipos de bolsinhas de pano com estampas fofas e florais, mas que, quando bem feitas, não cansam nunca. Eu, pelo menos, não resisto e sempre solto um “ooown, que gracinha”.









A artesã mora em Ohio, nos EUA, mas esperta que é, tem sua lojinha online no Etsy que nos permite comprar aqui do Brasil. E as coisas não são caras, levando em conta só o preço, vale a pena.

Para acessar a loja, clica aqui.
E o flickr aqui.

Criatividade

O título é auto explicativo.

from elr°y on Vimeo.

Site dela, site dele.

Onde eu vi essa belezura? Aqui.

Parabéns para mim!

Todo ano eu fico desanimada perto do meu aniversário. Mas a partir desse ano vai ser diferente.

Qualquer um poderia relembrar o auge da sua festa de 2 aninhos e dizer “ah, eu era feliz e não sabia”. Pois eu digo pra vocês que descobri que a frase certa é “eu não sabia, por isso era feliz.”
Não sabia que teria medo de chamar amigos e ninguém ir, não sabia que se fosse dar uma festa tinha que ser um sucesso, não sabia que ia me sentir na obrigação de fazer meus convidados se divertirem, não sabia de nada, só curtia.
Com o tempo fui cristalizando essas coisas e deixando meus aniversários cada dia mais chatos. E quanto mais chato, MAIS chato, né?
Então.

Teve até um ano que passei mal e fui pro hospital, outro que preferi passar em casa sozinha, outro que fui jantar com meia dúzia de pessoas (entre alguns amigos, confesso) como se fosse um dia normal e nem chamei ninguém.

Nunca faço comemorações por que cristalizei essa ideia que aniversário não tem nada demais e que os meus são sempre #fail.
Fala sério, #fail sou eu de pensar isso, né?

Por que deixar coisas que a vida vai colocando na nossa cabeça tomarem conta do nosso dia a dia é até normal (apesar de the new me não aceitar mais!). Mas po***, do dia do meu aniversário não, ô!

Portanto, hoje vai ser uma festa. Sem bolo, sem guaraná, mas com cerveja. Afinal, é o meu aniversário, vamos festejar e os amigos receber.

Comemoro 25 anos hoje como se fossem 2. E a parte boa é que nem preciso me achar caídona por citar a Xuxa. É big! É big! É big, é big, é big!

Vídeos lindos do dia

Tem como não se encantar (por todos os lugares)?

EF – Live The Language – Barcelona from Albin Holmqvist on Vimeo.

EF – Live The Language – Paris from Albin Holmqvist on Vimeo.

EF – Live The Language – London from Albin Holmqvist on Vimeo.

EF – Live The Language – Beijing from Albin Holmqvist on Vimeo.

Vi no don’t touch my moleskine.

São Paulo

Podem achar esquisito eu morar no Rio e falar isso, mas eu amo São Paulo! Cidade cheia de coisas gostosas para comer, lugares interessantes, ótimas compras, cultura, amigos…
Fui para o SPFW, mas aproveitei mesmo foram os passeios pela cidade.

As melhores companhias do mundo.

A Galeria do Rock e seus produtos coloridos, loja só dos Beatles e o melhor hamburguer que já comi na vida.









A incrível Cervejaria São Jorge e os seus mandamentos no verso do cardápio.

Mandamentos do Jorge
I – Considerai o próximo pra caraio.
II – Não pedireis fiado, nem amanhã.
III – A primeira é a do santo, e fica esperto que o cara tá olhando.
IV – Honrar pai, mãe e cunhada.
V – Cobiçar a mulher mais próximo.
VI – Não pedireis música “psicoerudita” para o dj.
VII – Não ligareis para o celular da ex namorada à 2h da matina.
VIII – Reclamações direto com o dono do bar, aquele ali segurando a espada ensanguentada.
IX – Dragões só acompanhados pelos responsáveis.
X – Devotos tem sempre razão.

E se eu disser que queria morar lá? Estaria sendo ainda mais esquisita?

Doses de Cultura do Mês – Jan 2011

Livros
O Código da Inteligência, Augusto Cury ♥♥♥♥

Filmes
Os Trapaceiros, Woody Allen ♥♥♥♥♥
O Curioso Caso de Benjamin Button, David Fincher ♥♥♥♥♥
O Julgamento de Paris, Randall Miller ♥♥♥
Um Caminho para Recomeçar, Michael Meredith ♥♥♥♥
Karate Kid, Harald Zwart ♥♥♥♥♥

Expos
A Res publica Brasileira ♥♥♥

A imagem é daqui.

Craft Monday #20

Uma das mocinhas mais talentosas que já achei no flickr é a estrela do #craftmonday de hoje! O nome dela é Bárbara Malagoli, mais conhecida como BabyC.

Acho que vi o flickr dela pela primeira vez há uns três anos. Naquela época me encantei pelos all star customizados e ilustrações cheias de personalidade própria. Com o passar do tempo fui acompanhando o sucesso da Bárbara, que virou designer de muitas capas da Capricho (e produtos da marca deles!), apareceu no programa da Ana Maria Braga, deslanchou e amadureceu como artista. O trabalho dela está cada vez mais lindo.

Para ver mais, encomendar e se encantar vai lá no flavors dela clicando aqui.

*Daqui a pouco vou ter que mudar o nome dessa coluna para Craft Tuesday, né? haha