Arquivo do mês: fevereiro 2011

Craft Monday #23

Na descrição da Scout & Catalogue, nosso crafter de hoje, vocês lêem a seguinte frase: “Nos concentramos em fazer peças que te lembrem finais de tarde em praias secretas, pele com um leve bronzeado de sol e siestas que duram o dia todo.
Agora me digam, antes de olhar as coisas já dá vontade de comprar (ou pelo menos conhecer) não dá? Pois bem! Não é que a marca faz jus à sua descrição? E ainda melhor, com um site com design de bom gosto, itens com personalide e ainda eco friendly.






Os tecidos das necessaires estampadas são de lojas de antiguidades. O tie die dos lenços são feitos com tintas que não agridem o meio ambiente e eles o design deles é feito para que você enrole no pescoço e prenda nessa alça de courinho. Para não ter aquela sensação de ficar horas amarrando o lenço tentando deixar com cara de casual e sempre achar que não ficou maneiro.









I want it all.

Visitem o site da Scout & Catalogue. E o a loja S&C no etsy.

Anúncios

Mala para viajar? Foi-se tempo!

Que tal usar malas antiguinhas para decorar a casa? A ideia não é nova, mas é linda, estilosa e sim, muito charmosa.
Querem umas dicas de onde encontrar? Fiz a busca lá no Etsy! Olha só o que eu encontrei:

Dá para usar como criado mudo, mesinha de telefone da sala, mesa de centro ou simplesmente ocupar com muita personalidade um canto esquecido da casa. Vale lembrar que não conheço a procedência dos vendedores (para isso eu teria que comprar em todos, quem dera!) então é bom checar direitinho os dados, reviews e tudo mais.

Post com dica de compras aqui no Um Charme? Só se for vintage, feito à mão ou de pequenos fabricantes. E aí, curtiram?

♥ Para comprar:
the haystack needle, deluxe retro, marcie x, get ready set go, the vintage belle, rosie hope e violete 64.

Linéia, Monet e minhas primeiras inspirações


Desde que ganhei esse livro me apaixonei por Monet. E o meu pintor predileto até hoje.


Nessas páginas eu vi meu primeiro quadro de inspirações. Venho tentando fazer o meu desde então.


Quando fui a Paris chorei vendo ao vivo um quadro de Monet que lembro de apreciar pequenininha pelas descrições da Linéia. A viagem foi em 2007 e na gift shop do museu eu comprei esse pôster. Guardei bilhetes do metrô, algumas outras lembranças e etc.

Hoje fui no Saara e comprei a cortiça do tamanho ideal. Vai ficar lindo, estou emocionada.

Dar valor ao que é importante

Parece fácil, mas é difícil. Um belo dia você vai ter que aprender.

Não vou escrever a última palavra por que evito insultos, principalmente direcionados a mim mesma. Mas bem que eu merecia.

Eu já tive muitas pequenas amostras na vida de como é importante valorizar o que é importante e mesmo assim ainda não aprendi tinha aprendido. Por que será que é tão difícil?

O fato é que hoje eu não tive mais uma das pequenas amostras. Tive um grande e impactante tapa de realidade. Só agora eu dei valor. Só agora eu percebi que preciso diferenciar e valorizar quem é importante pra mim. E posso dizer uma coisa pra vocês: Valorizem as pequenas amostras, no mínimo elas evitam a futura vontade de se insultar e de nunca mais falar com você mesma.

Comunidade da cor

Artistas, ativistas. As palavras não mudam muito, as atitudes dessas pessoas também não. Com arte e cor eles transformaram a vida de pessoas que só enxergavam em escala de cinza.

Um grupo de amigas em Fortaleza e seus patrocinadores locais, um monte de vizinhos moradores uma cidade do interior de Ohio, nos Eua e uma ONG de SP e seus parceiros de peso. Projetos de dimensões diferentes, com impacto igual: mudar para melhor.

Onda do Bem:

The Arts Wave:

A Gente Transforma:

Mandou bem do dia

Kraak & Smaak from WEAREWILL on Vimeo.

Flip, flip, flip! Pode-se dizer que é um vídeo feito à mão, né? =)
Vi no twitter, via @yasminvilhena.

Craft Monday #22

Lancheiras, quem sente falta? Eu sinto! E sempre que vejo filmes americanos com o povo levando o almoço para o trabalho naqueles sacos de papel craft (pior eu, que levava na sacola de plástico do supermercado) penso que seria muito mais prático e bonito se usassem uma lancheira. Por que não?
Aí, navegando pelo Tanlup (dica das meninas do Almoço de Amigas) vi essas lunch bags que são um charme!

Feitas pelo pessoal da Farfalla Galla, são as opções nacionais para substituir sacolas de papel, de plástico ou até as lanch bags gringas muito acima do orçamento.

Para comprar, vai lá na loja online deles.